Eu e meus gatinhos JOÃO e PEDRO rsrsrs.

30 de mai de 2011

Calçados

Gosto de moda, quando a moda me agrada. Jamais usaria uma roupa ou uma sandália simplesmente porque está na moda, mas é claro que quando é algo que faz o meu estilo, que agrada ao meu gosto pessoal então não resisto.
 Calçados, ADOROOO e gosto de ter vários de várias cores, diferentes modelos, do tipo elegante, casual, esportiva...
 Quando e onde usar o sapato, a bota ou a sandália certa? Tudo depende do dia, da ocasião, do estado de espírito. Mas é claro que a gente tem que ter bom senso. Nem toda sandália, bota ou sapato combina com toda ocasião ou com toda roupa.
Sandálias... Reconheço que talvez este seja o meu ponto “quase” fraco. Digo “quase” porque sei bem me controlar, não faço tipo que sai comprando tudo o que ver, até porque não posso rsrsrs mais sei que se pudesse também não o faria. Porém de vez em quando caio na tentação das sandálias rsrsrs.
A sandália bota e o modelo gladiador estão em alta e eu gosto, acho que deu pra perceber né?
Bota: Passei muito tempo resistindo comprar porque aqui(onde moro) só dá pra usá-las  no período de junho a agosto e eu gosto de gastar com coisas que eu realmente use e use MUUUUITO.Por incrível que pareça esse período  do ano aqui as noites são realmente frias e as botas estão em todo lugar. Confesso que já comprei e gostei, no entanto dou preferência a outro estilo.
Gladiador: Esse modelo é tudo de bom, fica linda no pé, obviamente tem modelos feios e que eu jamais usaria.

Bom, o mais importante é que a sandália seja confortável e que você esteja se sentindo bem, se os outros estão gostando ou não é o que menos importa, ou melhor NÃO importa.
Escolha  a sandália, sapato, bota ou chinelo que você gosta  com aquela roupinha que você adora  e vá SER FELIZ seja onde for ou com quem for, contanto que seja tudo a seu gosto.
Veja que modelinhos lindos. Eu gosto e você?
Olha o meu pezinho rsrsrs.

29 de mai de 2011

Leitura para reflexão

A PORTA DO LADO
Por Dráuzio Varella
                Em entrevista dada pelo médico Drauzio Varella, disse ele que a gente tem um nível de exigência absurdo em relação à vida, que queremos que absolutamente tudo dê certo, e que, às vezes, por aborrecimentos mínimos, somos capazes de passar um dia inteiro de cara amarrada.
E aí ele deu um exemplo trivial, que acontece todo dia na vida  da gente...
É quando um vizinho estaciona o carro muito encostado ao seu na garagem (ou pode ser na vaga do estacionamento do shopping). Em vez de simplesmente entrar pela outra porta, sair com o carro e tratar da sua vida, você bufa, pragueja, esperneia e estraga o que resta do seu dia.

Eu acho que esta história de dois carros alinhados, impedindo a abertura da porta do motorista, é um bom exemplo do que torna a vida de algumas pessoas melhor, e de outras, pior.
Tem gente que tem a vida muito parecida com a de seus amigos, mas não entende por que eles parecem ser tão mais felizes.
Será que nada dá errado pra eles? Dá aos montes. Só que, para eles, entrar pela porta do lado, uma vez ou outra, não faz a menor diferença.
      O que não falta neste mundo é gente que se acha o último biscoito do pacote. Que "audácia" contrariá-los! São aqueles que nunca ouviram falar em saídas de emergência: fincam o pé, compram briga e não deixam barato.

 Alguém aí falou em complexo de perseguição? Justamente. O mundo versus eles.
Eu entro muito pela outra porta, e às vezes saio por ela também. É incômodo, tem um freio de mão no meio do caminho, mas é um problema solúvel. E como esse, a maioria dos nossos problemões podem ser resolvidos assim, rapidinho. Basta um telefonema, um e-mail, um pedido de desculpas, um deixar barato.
Eu ando deixando de graça... Pra ser sincero, vinte e quatro horas têm sido pouco prá tudo o que eu tenho que fazer, então não vou perder ainda mais tempo ficando mal-humorado.
Se eu procurar, vou encontrar dezenas de situações irritantes e gente idem; pilhas de pessoas que vão atrasar meu dia. Então eu uso a "porta do lado" e vou tratar do que é importante de fato.
 “Eis a chave do mistério, a fórmula da felicidade, o elixir do bom humor, a razão por que parece que tão pouca coisa na vida dos outros dá errado."
Quando os desacertos da vida ameaçarem o seu bom humor, não estrague o seu dia... Use a porta do lado e mantenha a sua harmonia.
 Lembre-se, o humor é contagiante - para o bem e para o mal - portanto, sorria, e contagie todos ao seu redor com a sua alegria.
A "Porta do  lado" pode ser uma boa entrada ou uma boa saída... Experimente!

28 de mai de 2011

Cerâmica em barro (Postagem dedicada a minha amiga Ma Ferreira do blog Arte em Cerâmica)

Esta postagem é para mostrar um pouco da arte das artesãs de Rio Real- Bahia, lugar onde moro atualmente. 
 Este é um trabalho feito com barro em Rio Real representando um artesanato que absorveu a fertilidade criadora da cerâmica indígena. Os objetos produzidos são feitos com as mais variadas formas e desenhos  para uso utilitário ou decorativo:. A queima é feita uma única vez, monoqueima, em baixa temperatura, com o forno  coberto, sendo considerada a parte mais difícil do processo. O trabalho das ceramistas é feito em suas próprias casas. Cada uma possui seu próprio forno no quintal de casa.   A tradição da arte do barro e a técnica de produção na cidade de Rio Real tem sido transmitido de geração para geração.    
Estas são fotos de uma Exposição que reuniu obras de cerâmica em barro de quatro artesãs de Rio Real.

 Fotos de: Arisson Marinho / AGECOM








26 de mai de 2011

Saudades de minha terrinha.




Hoje tive um tempinho e resolvi aparecer por aqui. Primeiro pra agradecer as visitas e os comentários que nem sempre tenho tempo de responder, mas leio e adoro e também para falar de um lugar muito especial que fica no município de Trairi- Ce.
Esta semana bateu uma saudade desse lugar. Quando estamos lá nos divertimos muito, banhos de rio, praias, folgueiras, festa junina fora de época, etc. A gente inventa tudo. Celina e Ariana são as cúmplices.
Sempre que vou ao Ceará passo pelo menos 10 dias neste pequeno paraíso o restante  em Fortaleza.
Vou colocar aqui algumas fotinhas tiradas em janeiro/fevereiro/2011 na ida ao Trairi. Depois coloco as de Fortaleza.Veja como meus filhos se divertem.

Filhotes lindos. Na ida pra Fortal dezembro de 2010. Voltamos em fevereiro de 2011

Aquela casinha tem história. Histórias que jamais quero esquecer. Gosto demais deste lugar, lembra muito minha mãe, minha infância. Quero muito que meus filhos cresçam conhecendo e valorizando essa história. Eles também gostam demais daí. Muriti- Trairi- Ceará.
A manga é colhida na hora. Doce feito mel.
Andar, correr, pescar, jogar bola... é só um pouco das atividades deles quando estão neste pequeno paraíso.

Sitio da família. Muriti- Trairi- Ceará. Adorooooooooo esse lugar. Essa marquinha de foqueira foi ideia minha pra reunir a turma a noite. Nem precisa dizer que foi tudo de bom né.





Açude. Próximo ao sítio

 Oh saudadeeeee
Lembra da marquinha da foqueira? Olha ela aí. E meu filho adorando  tudo.

Praia de Mundaú. Trairi- Ce
Mundaú. Trairi- Ce
Lagoa no pé do morro. A caminho da praia.
lindo
Fleixeiras. Trairi- Ce
Indo pescar rsrsrs
Eu andando de biclicleta com o filho e o sobrinho seguindo kkkk





 
Os filhos no banho no açude.





Quem disse que não pode tomar banho de chuva? Meu filhos aproveitando.



17 de mai de 2011

Um pedaço pra você.

Oiiiiiiiiiiiiiiiii

Gente, essa semana não tive muito tempo.  Casa, filhos e trabalho tomaram todo meu tempo, portanto foi impossível publicar nova postagem ou visitar amigos.
Não sou boa na cozinha e nem tenho tempo pra ela (rsrsrs), por isso só  faço receitas simples e fáceis. Meu filho mais novo adora bolo e sempre pede para que eu faça. Hoje fiz o de banana e decidi  colocar a receita aqui.  Sei que quase todo mundo sabe fazer esse bolinho simples, mesmo assim está aqui a receita. Espero que sinta-se estimulado a fazer. Se eu consigo porque você não? rsrsrs
Garanto  que é rápido e fica gostoso. Espero que faça  e depois comente aqui.

Massa:

3 ovos
3 colheres(sopa) de margarina
1 xícara de açúcar
1 pitada de sal
1 xícara de leite
2 xícara de farinha de trigo com fermento

Caramelo:
1 xícara de açúcar
4 a 5 bananas 

1-     Bata as claras em neve e separe
2-     Em outra travessa, bata os ovos com a margarina e o açúcar
3-     Acrescente a farinha, o leite, o sal
4-     Após terminar de bater a massa, misture as claras em neve
5-     Coloque na forma caramelizada com as bananas fatiadas
6-     Leve em fogo médio, pré aquecido, por 30 minutos aproximadamente.


Em uma forma, queime o açúcar (no fogão), até que vire caramelo. Depois, unte bem todo o fundo e as laterais da forma com esse caramelo (você pode já caramelizar o açúcar na própria forma que vai usar)
Coloque as bananas fatiadas sobre o caramelo. Se precisar coloque mais bananas. Depois, por cima das bananas, despeje a massa. Leve ao forno por cerca de 30 minutos.

Obs: Você pode  usar a mesma receita para o bolo de abacaxi, se preferir.

13 de mai de 2011

 Sempre gostei muito desta música. Hoje senti vontade de colocá-la aqui.
Destaquei em vermelho as partes que mais gosto.

Tocando em Frente


Ando devagar
Porque já tive pressa                                                    
Porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte,
Mais feliz, quem sabe
Só levo a certeza
De que muito pouco sei,
Ou nada sei
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
 ...
Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Todo mundo ama um dia,
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua historia
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

10 de mai de 2011

Moda. Lenços e Cachecóis

Com a chegada do inverno, os lenços e cachecóis voltam a fazer parte do vestuário. E eu acho lindooo.
Eles dão um toque de elegância ao visual você não acha?  Deixam a mulher chique, estilosa e fazem o papel de um bom acessório ou  complementam as peças básicas.
 
Dicas:

-Tenha cuidado para não errar nas escolhas e combinações: estampas e coloridos  combinam com roupas básicas e sem muitos detalhes.
-Lenço amarrado no pescoço pede brincos discretos (evite colares e brincos grandes).
- Quem possui pescoço curto não deve usar esses acessórios. 
- Não use um lenço da mesma cor que a blusa, apenas, tom sobre tom.
 -Mulheres magras podem usar os lenços na cintura, nos formatos de cinto. As mais gordinhas devem evitar, para não evidenciar as gordurinhas extras.
- Colocar o lenço na cabeça só para as mais esportivas e em combinação com as estampas de blusas brancas.
- Com jeans, combine a camiseta com o lenço fora da gola, no formato nó de gravata ou trança, proporcionando beleza.
- No trabalho (formal), utilize o lenço dentro da gola da camisa rente ao pescoço.
- Se for vestir um tomara-que-caia, use o lenço acompanhado de jaqueta por cima.

     Sou fã do JORNAL HOJE (não perco). Caso não tenha assistido veja este vídeo. 

Joarnal Hoje 05/ 05/ 2011 http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1501676-7823-LENCOS+E+PASHIMINAS+PODEM+SER+USADOS+DE+DIVERSAS+FORMAS,00.html


6 de mai de 2011

ACRÓSTICOS

Meus filhos são minha maior e melhor fonte de alegria. Amo esses gatinhos incondicionalmente.  Obrigada Senhor por tê-los colocado em minha vida. 


Jóia rara que DEUS me deu
Organizado, educado e brilhante
Amor incomparável, imensurável e incondicional.
Obediente, carinhoso e muito amado

Na minha vida meu filho
Es toda felicidade
Ternura em forma de gente
O seu nascimento foi um sonho realizado
......................................

Puro amor de minha alma.
Estrela linda e brilhante.
De rostinho fascinante.
Razão desse meu viver.
Orgulho, carinho... bem querer.

Luz divina e reluzente.
Um anjo em forma de gente.
Cada olhar uma emoção.
Amor incomparável, imensurável e incondicional.
Suave riso inocente.

4 de mai de 2011

MÃE


                                                          MARIA ZILDA, minha mamãe.

                                    Fostes bela, doce, meiga, talentosa, delicada, respeitosa, amável...
Sabia ouvir e procurava entender, foi mãe moderna (em comparação a educação que teve).
Soube ser mãe e ser pai (quando papai não estava presente).
Doou-se por inteira e renunciou a seus sonhos para que muitas vezes os filhos pudessem realizar os seus.

Lembro bem que já doente, seus braços já não tinham forças pra segurar meu filho recém-nascido, mas  insistiu em dar-lhe o primeiro banho e ficava horas deitada olhando ele dormir, sentindo a dor de saber que não acompanharia seu crescimento. Pois estava em fase final... Seu olhar, às vezes fixos num ponto qualquer, outras vezes, semi-fechado. E tão bonita! 
Nunca reclamava, agradecia a Deus pela vida e pelos filhos.
Custo acreditar que já não a tenho.
Esteve muito doente e mesmo tendo emagrecido assustadoramente, ainda conservava traços de beleza. Quase uma Nossa Senhora! Agora descansa junto ao Criador.
Mãe querida... Saudade doída...
Descanse em paz, sabendo que jamais será esquecida. Por que mesmo distante se faz presente. 
Teu sorriso em minha mente permanece como brisa leve ao acordar. 
                                                                                                            Val  Ribeiro

Para Sempre
Por que Deus permite que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite, é tempo sem hora,
Luz que não apaga quando sopra o vento e chuva desaba,
Veludo escondido na pele enrugada, água pura, ar puro, puro pensamento.
Morrer acontece, com o que é breve e passa sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça, é eternidade.
Por que Deus se lembra - mistério profundo - de tirá-la um dia?
Fosse eu rei do mundo, baixava uma lei:
Mãe não morre nunca, mãe ficará sempre junto de seu filho,
E ele, velho embora, será pequenino feito grão de milho.
  Carlos Drummond de Andrade.


1 de mai de 2011

Enquete: Brincadeira de criança

Olá amigos!
Todos nós já sabemos que  a maioria das crianças preferem brincar no videogame, computador... É a tão comentada  tecnologia transformando o mundo  com  brinquedos que não exigem criatividade, muito menos esforço, mas exige mais gasto (financeiro) dos pais.
É muito comum encontrar pais que mandam seus filhos irem para o computador ou videogame para ficar assistindo a novela tranquilamente.  Nestes brinquedos tecnológicos eles ficam sozinhos e o silêncio reina na casa. Uma pena!!

Costumo conversar com meus filhos sobre a minha infância mostrando para eles as brincadeiras comuns na época e as que mais gostava. A gente se diverte bastante.
Claro que as tecnologias fazem parte do presente e  não dá pra  ficarmos longe delas, mas também não precisamos ser escravo das mesmas.
Brincadeiras de antigamente:  Cinco Marias,  amarelinha,   escravos de Jô,   cantigas de roda,  batata quente, pião, pular corda, peteca, gude, brincadeira do elástico, pipa...
Eu particularmente  gostava muito das Cinco Marias.

Trabalhei com este tema e recortei a foto porque o importante aqui é a pergunta e a sua resposta.

                                                                       Responda:

                                    Qual brincadeira você mais gostava quando criança?